Apresentação do Cordel Jeito diferente de falar

sábado, 26 de junho de 2010

Cordel da Festa Junina






Vou Contar nesse Cordel
Dá gosto de relatar
Sobre a festa junina
Que é bastante popular
Na Europa ela surgiu
De lá veio pro Brasil
Para aqui se consagrar.

No Nordeste brasileiro
Virou mesmo tradição
Sempre cada vez mais forte
Ganhou nova versão
E de uma festa pagã
Foi transformada em Cristã
Em louvor a São João.

Conforme relata a Bíblia
E segundo a tradição
Esse uso da fogueira
Tem a sua explicação
Izabel promete avisar
Prima ao ver fumaça no ar
Foi o nascimento de João.

Antes era conhecida
Como festa Joanina
Mas passou a ser chamada
Também de festa junina
Sendo assim ampliada
Ficou logo consagrada
Na cultura nordestina.

Assim junho se transformou
Num mês todo festeiro
Também com santo Antônio
O santo casamenteiro
Com são Pedro a completar
Esse santo popular
Que do céu é o chaveiro.

Do Nordeste se espalhou
E ganhou todo Brasil
Em todo canto se ver
Como ninguém nunca viu
Está no Sul e Sudeste
No Norte e Centro Oeste
Sem perder o seu perfil.

Essa festa ta marcada
Pela grande animação
Tem fogueira e milho assado
Tem foguete e tem balão
Quadrilha pra todo lado
E xote baião e xaxado
Relembrando Gonzagão.

Tem muita coisa gostosa
Pra todo mundo comer
São pratos deliciosos
Que se tem a oferecer
Canjica, aluar, paçoca
Bolo de milho e tapioca
Muito quentão pra beber.

A grande festa da roça
Tomou conta da cidade
Arraiá pra todo lado
É grande a diversidade
Tem casamento caipira
Que no humor se inspira
Com toda criatividade.

Autor: Juarês Alencar Pereira.
08-06-2010.

domingo, 20 de junho de 2010

Matéria do site da SEDUC sobre a fundação do grupo de cordelistas de Colinas-TO

Literatura de Cordel ganha força em Colinas
Escrito por Francine Haddad
Qui, 17 de Junho de 2010 11:04
Depois de três anos em ação com o “Projeto Rimas que Ensinam” e ter realizado mais de cinqüenta oficinas de cordel nas escolas, o professor e autor de várias obras Juarês Alencar Pereira, funda nesta quinta-feira, 17, o Grupo de Cordelistas de Colinas. O evento ocorre na sala de reuniões da Diretoria Regional de Ensino de Colinas, às 15 horas.
O grupo será formado por alunos das escolas estaduais e conveniadas de Colinas e tem como objetivo intensificar o uso do cordel como metodologia de ensino, preparando os alunos para ajudar os professores na aplicação desse recurso didático e aproximá-los da Diretoria Regional de Ensino.

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Fundação do Grupo de Cordelistas de Colinas-TO


Entrevista a TV Colinas


Abertura do evento


Participação da Diretora Regional


Alunos do Col. Ernesto Barros


Alunos do Col. João XXIII


Alunos do Cem Pres. Castelo Branco


Prof. Mariasinha e alunos da Esc. Presbiteriana


Apresentação dos Alunos da Esc.Fco. Felício


Apresentação da prof. Ângela - madrinha do grupo


Exposição de Literatura de Cordel

A fundação do grupo, foi um momento cultural rico, onde os alunos das nossas escolas fizeram apresentação de literatura de cordel através da música, repente,teatro e declamação. Parabéns a todos os envolvidos, professores, alunos e escolas pelo esforço e dedicação. Obrigado aos colegas de trabalho, a diretora Iolanda e a TV Colinas pelo apoio e cobertura do evento.

Comentário de Luciana Assessora do Currículo de Ed. Física da Seduc

Boa tarde!!! Entrei no seu blog e gostei muito!!!!
Estou preparando as sugestões de material para o terceiro bimestre, Em Educação Física na 3ª série, temos o conteúdo: Expressão corporal e linguistica (piadas, contos, repentes, poemas, e declamações). Escolhi alguns dos cordeis do seu blog para sugerir aos professores para o desenvolvimento do conteúdo. Vou sugerir que através da expressão corporal, os alunos possam dar vida aos cordeis durante as aulas.
Gostaria de saber se o seu livro : "Mitos, lendas e crendices" pode ser indicado para os alunos do Ensino Médio, para o desenvolvimento desse conteúdo, pois trata-se do terceiro bimestre, época em que comemoramos o folclore. Portanto gostaria de colocar no material onde é possível adquirir o livro e o seu custo.Se não for pedir muito poderia me enviar um dos cordeis para divulgar nas sugestões.
Obrigada!!!Sucesso e sabedoria sempre.Parabéns pelo grupo de cordelistas!!!!!
Um abraço,
Luciana Pegoraro Penteado Gândara
Assessora do Currículo de Educação Física do Ensino Médio

quarta-feira, 16 de junho de 2010

O Cordel vai ganhar mais força em Colinas-TO



No dia 17-06-10, será fundado o grupo de cordelista de Colinas na sala de reunião da DRE, os integrantes do mesmo serão os alunos das escolas estaduais e conveniadas da cidade. Na ocasião os alunos farão apresentação de literaturas de cordel. Este evento será apenas apenas o ponta pé inicial desse grupo.
Objetivos: Incentivar cada vez mais o uso do cordel como metodologia nas escolas; incentivar a produção e publicação das produções do grupo; criar a caravana do cordel para apresentar nas escolas de Colinas e de outras cidades; etc.

sábado, 5 de junho de 2010

Dia Internacional do Meio Ambiente




Cachoeira véu das noivas - Araguaína-TO

Salve o Meio Ambiente

Salve dia cinco de junho
O dia internacional
Consagrado mundialmente
A defesa ambiental
Seja também defensor
Da obra do criador
De beleza sem igual.

Nesta data tão especial
Para todo cidadão
Quem pensa no seu futuro
Defende a preservação
E protege a natureza
Agindo em sua defesa
Dando maior proteção.

O planeta dá sinal
Observe e fique atento
As alterações climáticas
Tem causado só tormento
A terra toda agoniza
E tudo isso preconiza
Que nos resta pouco tempo.

Vamos todos repensar
Em caráter de urgência
Lutar pela natureza
E deixar de negligência
Ter mudança de atitude
Será uma grande virtude
Demonstre inteligência.

A mãe natureza clama
Implorando por ajuda
Todo filho que se preza
Da sua mãe sempre cuida
Por ela tem devoção
Dedica toda atenção
E dela nunca descuida.

Não destrua a natureza
Não cometa tal pecado
Quem comete tal delito
Precisa ser condenado
Pois a lei assim transgride
Toda a natureza agride
Jamais será perdoado.

A todos os internautas
Deixo aqui o meu recado
Preservem a natureza
Com ela tenha cuidado
O meio ambiente faz prece
A vida também agradece
E todos são respeitados.

Juarês, 05-06-10.

domingo, 23 de maio de 2010

Oficina no Col. João XXIII - Dia "D" da Leitura


Apresentação de cordel

Aluno Miquéias apresentando lit. de cordel

Explicando o cordel

Nesta sexta feira 14-05-2010, Foi o dia "D" da leitura em todo estado. No Col. João XXIII foram realizadas duas oficinas de Literatura de cordel com os alunos do 1°A e 2°C . Parabéns a escola pela iniciativa e aos alunos pela participação e pelas excelentes produções.

Produções dos alunos:

A literatura de cordel
É muito importante
Nós ensina a aprender
Temas emocionantes

No dia D da leitura
Demonstro minha paixão
Tenho orgulho de aprender
Com muita dedicação

Minha doce Julieta
Doce como favo de mel
Te amo mais que tudo
E te venero mais que céu

Minha eterna companheira
Rainha do meu viver
Sem você a minha vida
Não existe mais prazer

Você e tudo que tenho
Nada mais me tem valor
Tu és a rosa mais linda
Princesa do meu amor.

Agora nesse momento
Declaro minha paixão
Para mulher mais linda
Que roubou meu coração.


alunos: Alan e Gabriel.


domingo, 18 de abril de 2010

Parabéns Colinas do Tocantins


Vista aéria do centro de Colinas

Colinas, 50 anos de história

Em vinte e um de Abril
Numa data especial
Os pioneiros lançaram
A pedra fundamental
Nascendo nossa cidade
De homens com um ideal.

Foi um ato decisivo
Desses bravos pioneiros
Criar uma nova cidade
Acompanhando o trieiro
Da famosa rodovia
Que corta o estado inteiro.

Foi a sombra da BR
Colinas assim nasceu
Bem no meio do cerrado
A povoação se ergueu
Conforme conta a história
O pioneiro Amadeu.

Ligado a Tupiratins
Mas logo foi desmembrado
Com José Cirilo e Elias
Logo foi autorizado
Como novo município
Colinas foi consumado.

Tudo mesmo começou
No povoado deserto
Aonde tinha um garimpo
De um povo bem esperto
Que fundaram Colinas
Cidade para dar certo.

Seu Amadeu está vivo
E conta toda história
E cinqüenta anos depois
Só ressalta muita glória
Pois Colinas é pra nós
O trunfo dessa vitória.

Em pleno sertão goiano
Bem no meio do cerrado
Surgia assim Colinas
Sendo fato destacado
Teu futuro é promissor
Orgulho do nosso Estado

É Cidade acolhedora
Que promove a integração
Mistura de vários sotaques
Promove a aculturação
Das diferentes culturas
Que é fruto da migração.

Teu nome está na história
Da criação do Estado
Pois foi aqui que Siqueira
Num discurso inflamado
Que prometeu resgatar
A luta de Segurado.

Colinas se desenvolve
Com a força da pecuária
Dispõe de um bom comércio
E de uma rede bancária
Além da força pujante
Da nossa classe empresária.

Colinas Bela cidade
Que tem boa estrutura
O teu destino aponta
Uma potência futura
Orgulho dos filhos teus
De coragem e bravura.

Tudo mesmo começou
A sombra da rodovia
Com a pavimentação
O movimento se amplia
E cinqüenta anos depois
É motivo de alegria.

Vivemos um novo tempo
De grande expectativa
Ta chegando a norte-sul
Com atuação decisiva
Colinas só tem a ganhar
Com essa nova investida.

Que o brilho dos diamantes
Estejam sempre a inspirar
Esta terra promissora
A sempre se destacar
E o progresso tão sonhado
Venha de vez se instalar.

Juarês Alencar Pereira.

sexta-feira, 5 de março de 2010

O mundo virtual


Imag. google

TECNOLOGIA

Caro amigo pare e pense
E preste bem atenção
Esse mundo evoluiu
Não pense que é ficção.
Vivemos numa nova era
De grande transformação.

Hoje as pessoas se isolam
Na aproximação virtual
Namoram e fazem sexo
Na geração digital
Estão perto e distante
Isso tudo é natural.

As novidades estão ai
MP3 e celular
Chips e cartão de credito
A lan House é popular
E com as pontas dos dedos
Na rede vou navegar.

Orkut, msn, email
Blog e site disponível
Bate papo na internet
Acho isso tudo incrível
No google o conhecimento
Traz a pesquisa possível.

Tudo se tornou mais fácil
Nas ondas da informação
E com um simples teclar
Ta tudo a disposição
Acesso ao conhecimento
Isso é globalização.

O calor humano escasso
No mundo está faltando
Mas nada mesmo é perfeito
Só fico me questionando
Às vezes eu me pergunto
Será que vivo sonhando?

Caro amigo professor
E formador de opinião
Não queira ficar pra trás
Aprenda bem a lição
Vençamos o desafio
Não fique na contra mão.

Nessa sociedade atual
De grande transformação
Com seu ritmo veloz
Pela informatização
Os avanços tecnológicos
Promovem a evolução.

Estejamos sempre atentos
Antenados nessa lógica
Temos que estar inseridos
Nessa era tecnológica
Vamos revolucionar
A prática pedagógica.

Juarês Alencar Pereira.

domingo, 28 de fevereiro de 2010

Homenagem a Paulo Freire um dos maiores educadores do mundo


imagem google

TRIBUTO A PAULO FREIRE

Uma história de valor
Vale a pena ressaltar
E que fez a diferença
Na educação popular
Esse grande Paulo Freire
Referência em educar.

Paulo Freire promoveu
O seu projeto exemplar
De envolver todo o Brasil
Na educação popular
E o seu lema em desafio
Educar pra transformar.

Pernambucano de origem
Em Recife ele nasceu
Onde desde pequenino
Com os pobres conviveu
Diante das dificuldades
Nova pedagogia nasceu.

Com o projeto memória
Que traz em sua exposição
Esse grande educador
Orgulho dessa Nação
Pelo seu grande trabalho
Referência na educação.

Jamais serás esquecido
Nome de todo respeito
Na história sempre visto
Por todos seus grandes feitos
Educar e libertar
Sendo assim o seu conceito.

O menino que lia o mundo
Com seu perfil de estudante
Educador e ativista
E não parava um instante
Deixou seu grande legado
Com obras exuberantes.

A sombra de uma mangueira
No quintal ele estudava
Acompanhado da mãe
Que sempre lhe ensinava
Resultando desse ato
O que ninguém esperava.

Fazia leitura do mundo
Propunha a transformação
Com sua visão pedagógica
Consciência e libertação
Enfatizou com destaque
Enfim a libertação.

Em tudo que ele fazia
Mostrou-se muito convicto
Via sempre a educação
Também como ato político
Foi preso e até exilado
Sem cometer um delito.

Andarilho da utopia
Sendo assim denominado
Sua trajetória invejável
Currículo cobiçado
Freire com a educação
Sempre estarão ligados.

É nessa visão Freireana
Em prol da transformação
Pra mudar a realidade
Através da educação
Sendo o seu grande projeto
A promoção da inclusão.

Outra educação é possível
Capaz não só de ensinar
Educar também pra vida
Visando conscientizar
Com mudança de atitudes
Através de um novo olhar.


Juarês Alencar Pereira.

sábado, 27 de fevereiro de 2010

Trechos do cordel que faz uma viagem na cultura brasileira... Aguardem




Pluralidade cultural

O nosso Brasil é exemplo
Da grande diversidade
Tem uma rica cultura
Sinal de brasilidade
Com todas as diferenças
Mostra a sua pluralidade.

Terra dos muitos sotaques
Cores e manifestações
E com as várias etnias
Preservando as tradições
As diferenças existem
Entre as várias regiões.

Nordestino fala oxente
Que é próprio da região
O mineiro fala uai...
Com muita satisfação
O gaucho já fala thê
E numa forte expressão.

Com todas as etnias
Que presentes aqui estão
O negro, branco e índio
Formaram esta nação
Os brasileiros são frutos
Desta miscigenação.

O Brasil é um grande palco
De bela apresentação
Do frevo, samba e forró
Do carnaval e folião
Ciranda e Coco de roda
Xote, xaxado e baião.

É o país do futebol
Do ritmo e religião
Do regue e bumba meu boi
Presentes no Maranhão
Do alegre axé da Bahia
Com toda a animação.

Tem a festa do divino
Que é muito popular
Tem a folia de reis
Maracatu pra dançar
Além da bela catira
E o belo boi bumbá.


Juarês Alencar Pereira.

Novo cordel - mitos, lendas e crendices. veja alguns trechos




MITOS, LENDAS E CRENDICES

Relato nesse cordel
Todo o eixo imaginário
Destaco mitos e crenças
E tudo que é lendário
São elementos relevantes
Nos estudos importantes
Contos que são relicários.

Existem em nossa cultura
Destaco aqui com franqueza
Valores e tradições
Que são de grande beleza
Elementos do folclore
Embora pouco se explore
Dispomos dessa riqueza.

Nesse eixo se evidencia
Fértil imaginação
Dos que nos antecederam
Deixando essa tradição
Herança de uma cultura
Para as gerações futuras
A grande contribuição.

As lendas mitos e crenças
Que vem desde antigamente
Presente no Egito e Grécia
Este povo inteligente
Com os seus deuses lendários
E culto ao imaginário
Crendo assim firmemente.

Pra tudo existia uma lenda
Quando faltava a razão
Queria de qualquer forma
Uma boa explicação
Mesmo fora da ciência
E com toda inteligência
Criavam na imaginação.

Se para muitos não existe
Já para outros é verdade
Depende da imaginação
Também da criatividade
E daqueles que acreditam
Aceitam e se limitam
Dando credibilidade.
Juarês Alencar Pereira.

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Sonhar faz parte da vida


imagem google


SONHAR...


SONHAR FAZ PARTE DA VIDA
VIVER É SATISFAÇÃO
BUSQUE SEMPRE E ACREDITE
DÊ ÊNFASE A IMAGINAÇÃO
COM OS PÉS SEMPRE BEM FIRMES
PRA NÃO FICAR NA ILUSÃO.

QUEM SONHA TEM MOTIVO
PARA VITÓRIA ALCANÇAR
POIS VIVER É UM DESAFIO
CONTINUE SEMPRE A LUTAR
O SONHO É O COMBUSTÍVEL
NA VIDA NÃO PODE FALTAR.

JUARÊS ALENCAR.

A riqueza da música


imagem google

MÚSICA

A música é uma riqueza
Que está ao nosso alcance
Diverte anima e inspira
Ao Professor e Estudante
E faz com que nossas aulas
Sejam mais interessantes.

A música nos dá alegria
Nos trás a inspiração
Também alivia as agruras
E desfaz toda a tensão
Da mente alma e espírito
E massageia o coração.

Na música flui mensagem
Para a nossa reflexão
Sua letra e melodia
Promove a meditação
Seu ritmo embala e agita
E faz bem ao coração.

Juarês Alencar Pereira

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Prévia do cordel da Idade Média


imagens google

A Idade Média

Um período importante
Da história mundial
Dominado pela Igreja
Com o controle Papal
Vale a pena conhecer
A época medieval.

Nesse período ocorreu
Absurdos e pelejas
Entre conhecimento e fé
Ciências versus Igreja
Fazendo com que os artistas
Sua produção reveja.

A Igreja impondo rédias
A cultura ela ofuscou
Manipulou os conceitos
E o homem de fé se formou
Segundo os seus princípios
Que ao mundo apresentou.

A produção foi voltada
Pro lado espiritual
Imagens e cenas bíblicas
Num contexto angelical
Sendo a produção clássica
Julgada de imoral.

Era de grande importância
As Escolas leigas pagãs
Mas foram substituídas
Pelas Escolas cristãs
O que fora da Igreja
Era coisa de satã.

Uma prática comum
Era a forte reclusão
Os monges se isolavam
Para a purificação
E ficavam responsáveis
Na área da educação.

A única verdade era
O que a Igreja dizia
Ai de quem contrariasse
A sua filosofia
Seria excomungado
Por cometer heresia.

As ordens eram severas
Conforme a inquisição
Os considerados hereges
Tinham que pedir perdão
Ou morrer numa fogueira
Era a dura punição.


Juarês Alencar Pereira.

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Morre no Tocantins um grande humorista brasileiro


imagem google

Homenagem

Arnaud Rodrigues partiu
Vai deixar muita saudade
Com seu brilhante trabalho
Alcançou notoriedade
Como ator e humorista
Tornou-se celebridade.

A você grande artista
Por ter o merecimento
Fica esta homenagem
E o nosso reconhecimento
Por divulgar o Tocantins
Nossos agradecimentos.

O Brasil está mais triste
Está de luto a cultura
Fica seu grande legado
Para as gerações futuras
Como simples homenagem
Deixo essa literatura.

Juarês Alencar Pereira.
DRE-Colinas.

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

A antiga Província de Goyáz foi importante na era da mineração




O OURO EM GOYÁZ

A fase do ouro em Goiás
Conquistou seu apogeu
Bem no século dezoito
Pelo então Bartolomeu
Na famosa febre do ouro
Muita gente se envolveu.

O primeiro arraial
Conhecido por Sant Anna
No pé da serra dourada
De onde o rio vermelho emana
Meia ponte, Jaraguá
E Corumbá também goiana.

A segunda fase ocorreu
Na província de Goyáz
A Capitania era rica
Não ficava para trás
Da chapada dos veadeiros
Rio Tocantins e Crixás.

Depois em Natividade
Traíras e Porto Real
A última depois chamada
Já de Porto Nacional
Período que foi marcado
Por grande ataque tribal.

Os indígenas defensores
Das margens do Tocantins
Os Xavantes e Akroás
Perseguem até os confins
Sendo o maior problema
O contrabando sem fim.

A terceira fase ocorreu
Numa outra região
O governo Mascarenhas
Foi ver a mineração
Verificando in loco
Do ouro a rarefação.

A fase das descobertas
Em Cavalcante e Arraias
Conceição e Santa Luzia
Quando houve as tocaias
Marcando a fase aurífera
Do Tocantins e Araguaia.

No meio do século dezoito
Com as últimas descobertas
As minas eram esparsas
Ficam todos em alerta
Quando eles perceberam
Que a decadência era certa.

O fim já era previsto
Com tanta deficiência
E dava pra perceber
Conforme as evidências
Que o ouro de Goiás
Entrou mesmo em decadência.

Juarês Alencar Pereira.
DRE-Colinas.

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

A escravidão no Brasil colonial


Engenho-imagem google

A ESCRAVIDÃO

Sobre a história do Brasil
Quero fazer um relato
A quem muito merece
E está no anonimato
Que gerou muita riqueza
E só recebeu desacato.

Estou falando dos Negros
Que vieram lá da África
Pra trabalhar nos engenhos
Da elite aristocrática
A ganância portuguesa
Usava sempre essa prática.

Os senhores de engenho
Conhecidos por patrão
Fortalecem esse insulto
Dessa tal escravidão
Vitimando todos nós
Na intensa exploração.

Eram comprados em lotes
Nos mercados de Olinda
Depois de negociados
Ficavam numa berlinda
Além de trabalhar muito
Maltratados eram ainda.

Era tão dura a jornada
Mesmo antes do sol romper
Triste de quem reclamava
Pros castigos receber
Pra não sofrer mais ainda
Tinha só que obedecer.

Castigos de todo tipo
Recebiam dos seus donos
De martelada nos dentes
Sofrimentos e danos
Era uma vida difícil
Um completo abandono.

Diante do sofrimento
As fugas já começaram
Surgiu o grande Zumbi
E logo se organizaram
Sob a sua liderança
As batalhas enfrentaram.

Os escravos fugitivos
Formaram comunidades
No quilombo dos palmares
Sonhavam com a liberdade
Direito que eles não tinham
Naquela sociedade.

Geraram muita riqueza
Com a colonização
Mesmo com a independência
Pro negro não mudou não
Tudo continuou na mesma
Preservando a escravidão.

Depois de muita batalha
E imposição estrangeira
É que finalmente acaba
A escravidão brasileira
E no cenário mundial
Foi assim a derradeira.

Foi no dia 13 de Maio
Do século XIX
Que a Princesa Isabel
A abolição promove
Assinando a Lei Áurea
A escravidão absolve.

Mas até hoje se ver
O negro discriminado
Sofre pra arrumar vaga
De trabalho no mercado
Herança que foi deixada
Por nossos antepassados.

Não tenha você também
Esse tal de preconceito
Não cometa esse crime
Nem tenha esse defeito
Pois somos todos iguais
Temos o mesmo direito.

A todos os brasileiros
Que formam essa nação
Somos brancos, negros, índios
Nessa miscigenação
Vivamos a diferença
Da grande aculturação.

Se Deus não faz distinção
Nós não devemos fazer
Somos obra da criação
O negro eu e você
Vivamos em união
Para em paz se viver.

Dia 20 de Novembro
É festa na pátria inteira
Uma data festejada
Pela nação brasileira
Dia da consciência negra
Povo de alma guerreira.

Juarês Alencar Pereira.
DRE - Colinas

domingo, 14 de fevereiro de 2010

Oficina de teatro com os coodenadores das escolas da DRE-Colinas


foto Juarês

Cordel da Oficina de Teatro

Vamos brincar de teatro
Projeto espetacular
Trabalhar a arte cênica
No ambiente escolar
Metodologia diferente
Para as aulas inovar.

Essa arte envolvente
Que se chama encenar
Prende sempre a atenção
Vamos revolucionar
Nossas aulas ganham vida
Com esse novo olhar.

Aos caros participantes
Que revelaram talentos
Tem uns se achando globais
Dizem ter merecimento
Que é só questão de dias
O seu reconhecimento.

Parabéns pela oficina
Que ampliou nossa visão
Na arte, maquiagem e teatro
Foi boa a capacitação
Pra esta equipe de Palmas
Fica a nossa gratidão.

Juarês Alencar Pereira.
DRE-Colinas

sábado, 13 de fevereiro de 2010

A grande transformação dos meios de produção


imagem google

Cordel sobre a Rev. Industrial.

A segunda revolução industrial
Na historia é destaque
A grande revolução
Chamada de industrial
Transformou a produção
Deixando a manufatura
Para mecanização.

Depois de todo processo
Já veio a desilusão
Num momento conhecido
Segunda revolução
Os operários fizeram
A maior destruição.

Foi no século XX
Que a luta começou
Dizendo que com as máquinas
Tudo mesmo piorou
Reduziram os salários
E o desemprego aumentou.

Foi chamada de ludismo
O primeiro movimento
Quebraram várias máquinas
Tornaram-se violentos
A revolta contra elas
Só trouxe mais sofrimentos.

Logo veio a reação
Pra conter os revoltados
Não demorando muito
Fora logo sufocados
Sendo trágico o fim
Com 17 enforcados.

Surge novo movimento
Agora organizado
Onde todos os operários
Ficariam associados
O conhecido cartismo
Sendo assim denominado.

Ficariam organizados
Nesse movimento novo
E mobilizando a classe
A luta ganha renovo
Produzem um documento
Chamado Carta do povo.

A revolução industrial
Fortalece o capitalismo
Fazendo também surgir
O famoso socialismo
Utópico e cientifico
Alem do tal anarquismo.

A igreja logo cria
A doutrina social
Combateu os movimentos
Com uma encíclica atual
Traz propriedade privada
Com direito natural.

O papa leão XIII
Opõe-se ao materialismo
Procurando conciliar
Através do cristianismo
Visando humanizar
Esse tal capitalismo.

Juarês Alencar Pereira.

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

11 de fevereiro, aniversário de Bárbara de Alencar a primeira mulher republicana do Brasil


Casa onde nasceu Bárbara de Alencar
Exu-PE


D. Bárbara, avó de José de Alencar


BÁRBARA DE ALENCAR

Dia 11 de Fevereiro
É uma data importante
Pois Bárbara de Alencar
É a aniversariante
Mulher de fibra e garra
E história relevante.

Ela nasceu em Exu
Naquele belo sertão
Sendo de família nobre
Que habitou a região
Vindos de Portugal
Com a colonização.

Essa mulher fez história
Num passado bem distante
Lutou contra o império
Sem desistir um instante
Sendo até hoje lembrada
Pelos seus feitos marcantes.

Queria ver no Brasil
A República implantada
Não recuou um instante
Pois era determinada
Chegou a declarar no Crato
A República proclamada.

Heroína do Ceará
Foi assim intitulada
Por sua força e coragem
Até hoje é honrada
Pela história de bravura
Será pra sempre lembrada.

Juarês Alencar Pereira.

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010


Imagens google

HOMENAGEM AOS ESTUDANTES


Parabéns aos estudantes
Falo com muita emoção
Vocês são fundamentais
Para nós da educação
A todos o meu abraço
E a minha admiração.

A você caro estudante
Mantenha um bom perfil
Valorize os estudos
Não se torne arredio
Você é um baluarte
Da educação no Brasil.

Lute e não desanime
Não pare nenhum instante
A conquista é seu futuro
Por isso vá sempre avante
Não seja um simples aluno
Mas sim um grande estudante.

Na vida do estudante
Existem dificuldades
Digo por que já passei
Falo com propriedade
Desde o ensino fundamental
Até a universidade.

Envolva-se com a escola
Faça dela um suporte
Invista no conhecimento
Participe do esporte
Tendo-a como guia
Serás cada vez mais forte.

Prof. Juarês Alencar Pereira.

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010






A PESTE NEGRA

ESTA HISTÓRIA ACONTECEU
NA EUROPA MEDIEVAL
A TODOS ATERRORIZOU
SÓ ESPALHANDO O MAL
ESSA TAL PESTE NEGRA
FOI UMA PRAGA MORTAL.

ESSA PESTE É PERIGOSA
ELA ATACA O PULMÃO
PODENDO SER TRANSMITIDA
POR MEIO DA RESPIRAÇÃO
SENDO DE DOIS A SEIS DIAS
O PERIODO DE INCUBAÇÃO.

NA OUTRA FORMA DA DOENÇA
FAZ SURGIR ÍNGUAS E BUBÕES
AFETANDO TODO O CORPO
GERANDO INFECÇÕES
DOS GÃNGLIOS ATÉ OS RINS
PROVOCA SÉRIAS LESÕES.

ESSE MAL DEVASTADOR
PARECE COISA SATÃNICA
ESSA DE PESTE NEGRA
É TAMBEM PESTE BUBÕNICA
E AINDA TEM OUTRO NOME
QUE É A PESTE PNEUMÕNICA.

ESSE MAL SE EXPANDIO
ATRAVÉS DO ROEDOR
COM A PULGA DO RATO
SENDO O TRANSMISSOR
PICANDO A POPULAÇÃO
DISSEMINANDO A DOR.

NESSA ÉPOCA ATRAZADA
A SAÚDE ERA PRECÁRIA
NÃO HAVIA MEDICAMENTOS
NEM CONDIÇÃO SANITÁRIA
AFETAVA A POPULAÇÃO
NÃO IMPORTA A FAIXA ETÁRIA.

ESSA PESTE GANHOU FORÇA
COM A DESIGUALDADE SOCIAL
DEVIDO OS POBRES NÃO TER
CONDIÇÃO NUTRICIONAL
DEIXANDO-OS DEBILITADOS
FAVORÁVEL A ESSE MAL.

OS RICOS DAQUELA ÉPOCA
POUCOS ERAM ATACADOS
VIVIAM LONGE DOS POPRES
CASTELOS ISOLADOS
COM CONDIÇÕES HIGIENICAS
E DOS RATOS AFASTADOS.

NO BRASIL EM 1809
CHEGOU A EPIDEMIA
MASSACRANDO O POBRE
QUE SEMPRE TEMIA
DA EUROPA AO NORDESTE
UM ARRAZO PROMOVIA.

ALÉM DA PESTE NEGRA
QUE ASSOLOU EM OUTRORA
EXISTIA OUTRA TERRÍVEL
QUE A TODOS QUASE DEVORA
FOI A DIARRÉIA DA CÓLERA
ATINGINDO O MUNDO A FORA.

COM OS AVANÇOS TECNOLÓGICOS
DESVENDARAM-SE MISTÉRIOS
A CURA DE VÁRIAS DOENÇAS
FORAM LEVADAS A SÉRIO
COM PESQUISAS EFICIENTES
SEMPRE COM MUITOS CRITERIOS.

FICA AQUI ESSE MOMENTO
DE RIMA INTERDISCIPLINAR
DENTRO DOS OBJETIVOS
DA PROPOSTA CURRICULAR
PARA O MELHOR DESEMPENHO
DA APRENDIZAGEM ESCOLAR.


JUARÊS ALENCAR PEREIRA
DRE-COLINAS.

domingo, 7 de fevereiro de 2010




SÚPLICA GONZAGUEANA

Faço aqui um apelo
A todos de coração
Não deixem morrer a história
Do eterno Gonzagão
Que foi o maior cantador
Das coisas desse sertão.

Cantou o nosso nordeste
O aboio do vaqueiro
A seca e os retirantes
Os heróis e os cangaceiros
O assum preto e a asa branca
Seu pé de serra e os romeiros.

Sempre foi apaixonado
Por seu querido sertão
Expressava com orgulho
Sempre em forma de canção
Demonstrando em suas músicas
Seu amor e devoção.

Amou sua terra natal
Lugar que lhe viu nascer
O seu amor por Exu
Fez questão de enaltecer
Lutou com todas as forças
Pra sua terra desenvolver.

Em nome dos conterrâneos
Faço esta petição
Que valorizem a obra
Grande rei do baião
Orgulho dos Nordestinos
Patrimônio da nação.

Que seja realizado um estudo
Para o parque ser tombado
E todo esse patrimônio
Deixe de ser privado
Tornando um ponto de cultura
Apoiado pelo estado.

Apelamos às autoridades
Que atentem pra cultura
Ajudem o Parque Asa Branca
Melhorem a estrutura
Valorizem Luiz Gonzaga
Grande nome da cultura

Atentem pra este apelo
Que faço de coração
Desenvolva o turismo
Na terra do Gonzagão
Que é ponto atrativo
Pra desenvolver a região

Na nova lógica o turismo
Tem que descentralizar
Atraindo para o interior
Muita coisa vai mudar
Promove-se a cultura
A história vai preservar

Aos órgãos competentes
Que possam analisar
Investir no interior
Novas opções criar
Melhorar a estrutura
Pro turismo incentivar.

O Exu tem potencial
Precisa ser explorado
Além de Luiz Gonzaga
Tem história e passado
Coisas interessantes
E fatos inusitados.

Além da História e cultura
Da natureza é um santuário
Com belas paisagens e trilhas
Sendo um bom itinerário
É um paraíso escondido
Que deve ser desvendado.

Ao ilustre pernambucano
Presidente do Brasil
Ao ministro da cultura
O grande Gilberto Gil
Olhem pro parque Aza Branca
Que da cultura é perfil.

Agradeço a atenção
A essa minha proposta
Analisem com carinho
Façam nela uma aposta
O povo do Exu agradece
E aguarda a resposta.

A Vossas Excelências
Agradeço outra vez
Por tudo que vão fazer
Contamos com todos vocês
Meus votos de muita estima
Do Cordelista Juarês.

Juarês Alencar Pereira.
E-MAIL: juaresalencar@hotmail.com

Se vc tiver em interesse em conhecer mais acesse:
http://www.exu-terradeluizgonzaga.blogspot.com/

sábado, 6 de fevereiro de 2010




Palmas

Palmas bela cidade
A capital do cerrado
De traçado monumental
Projeto bem desenhado
Duas belezas presentes
Faz-se mais atraente
Serra e lago abraçados.

Bem antes um grande Rio
Mas hoje um grande lago
Abraçando-se com a serra
Demonstração de afago
Duas belezas que encanta
E a cidade abrilhanta
Num romântico diálogo.

Palmas sendo abraçada
Logo quer retribuir
Ao grande lago e a serra
Como querendo exibir
A beleza exuberante
Que aos olhos é fascinante
Faz questão de reluzir.

Palmas minha cidade
Um belo cartão postal
Recanto da natureza
De beleza sem igual
Vamos todos preservar
E a tua história amar
Patrimônio natural.

Por essa cidade apelo
A todos de coração
Zelar do nosso lugar
Por ela ter devoção
Devemos ter o cuidado
O povo bem educado
É a mais sábia lição.

Juarês Alencar Pereira.

´Coordenado na DRE-Colinas
Por Juarês e Madalena.


Programa da aceleração


da aprendizagem

Neste momento especial
Venho lhes apresentar
Um programa interessante
Também espetacular
Que corrige o prejuízo
Da idade escolar.

Sua meta principal
Vale apena ressaltar
Fazer com que os alunos
Venha todos avançar
Concluindo esse curso
Todos só têm a ganhar.

Conforme o desempenho
E prévia avaliação
Até para o ensino Médio
Os cursista passarão
Alcançando o objetivo
Corrigindo a distorção.

Por isso caros amigos
Prestem-me bem atenção
Pais e também alunos
Vamos todos dar as mãos
Juntamente com a escola
Com muita dedicação.

Alunos que estiverem
Com distorção série/idade
Nesse programa terão
Toda prioridade
Avançando com sucesso
A sua escolaridade

Esse Programa tem nome
Diga-se de passagem
Antes correção do fluxo
Agora em nova roupagem
Sua denominação é
Aceleração da aprendizagem.

Com essa nova roupagem
E nova estruturação
Esse Programa promete
Digo diante mão
Professores bem treinados
Com muita dedicação.

Juarês Alencar Pereira.

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010


POR UMA EDUCAÇÃO MELHOR

INVESTIR NA EDUCAÇÃO
É INVETIMENTO SEGURO
GOVERNO QUE BEM PENSAR
GARANTIRÁ O FUTURO
TERÁ UM GRANDE RETORNO
E COM CERTEZA MAIS LUCRO.

É ASSIM EM MUITOS PAÍSES
A EXEMPLO DO JAPÃO
É DESTAQUE EM TECNOLOGIA
AMPLIOU A PRODUÇÃO
TUDO ISSO É RESULTADO
DE VALORIZAR A EDUCAÇÃO.

UMA EDUCAÇÃO DE QUALIDADE
AMPLIA A NOSSA VISÃO
DESENVOLVE O ‘QI’
NOS DANDO MAIOR CONDIÇÃO
DE CONCORRER DE VERDADE
NA TAL GLOBALIZAÇÃO.

A EDUCAÇÃO NO BRASIL
TEM QUE SAIR DO MARASMO
QUANDO ISSO ACONTECER
SAIREMOS DO ATRASO
DESENVOLVIMENTO E PROGRESSO
TEREMOS NUM CURTO PRAZO

A EDUCAÇÃO SE COMEÇA
NO MEIO FAMILIAR
E DEPOIS SE REFLETE
NO AMBIENTE ESCOLAR
SE ISSO NÃO ACONTECER
A ESCOLA SOFRERÁ.

PARA MELHORAR A EDUCAÇÃO
É NECESSÁRIO REPENSAR
O SISTEMA DE AVALIAÇÃO
NA UNIDADE ESCOLAR
A PARTICIPAÇÃO DA FAMILIA
EM SEUS FILHOS ACOMPANHAR.

É INDISPENSÁVEL NA EDUCAÇÃO
UM PROFESSOR MOTIVADO
COM UM SALÁRIO DECENTE
QUE NÃO SEJA DEFASADO
POIS A TAL DA INFLAÇÃO
SÓ NOS DEIXA IRRITADO.

PRECISAMOS UNIR FORÇAS
PRA EDUCAÇÃO MELHORAR
VAMOS JUNTOS DAR AS MÃOS
COMUNIDADE ESCOLAR
TODOS SAIRÃO GANHANDO
VAMOS NA LUTA ENTRAR.

FAÇO A TODO ESSE APELO
AS NOSSAS AUTORIDADES
A TODOS OS COMERCIANTES
TAMBÉM A COMUNIDADE
IGREJAS E SINDICATOS
E TODA SOCIEDADE.


JUARÊS ALENCAR.

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

A burocratização só atrapalha a vida do cidadão


NÃO A BUROCRACIA


ESSA TAL BUROCRACIA
SÓ GOSTA DE COMPLICAR
O ANDAMENTO DAS COISAS
E O SERVIÇO EMPERRAR
DIFICULTA MESMO É TUDO
VEIO PARA ATRAPALHAR.

ESSA PRÁTICA ULTRAPASSADA
É TAMBÉM UM DESRESPEITO
FAZ AS PESSOAS FICAREM
MUITAS VEZES INSATISFEITOS
CORRENDO DE LÁ PRA CÁ
DEIXA CANSADO O SUJEITO.

ESSA PRÁTICA HORRÍVEL
FAZ AS FILAS CRESCEREM
PROVOCA TAMBÉM O ESTRESSE
E FAZ AS PESSOAS SOFREREM
USUÁRIOS E SERVIDORES
VIVEM A SE ABORRECEREM.

VIVEMOS UM NOVO TEMPO
COM A INFORMATIZAÇÃO
É PRECISO DAR UM BASTA
NA BUROCRATIZAÇÃO
FACILITANDO A VIDA
DE TODOS OS CIDADÃOS.

UMA FORMA BEM DINÂMICA
É A DESCENTRALIZAÇÃO
UM EXEMPLO QUE A SEDUC
DEMONSTROU DIANTE MÃO
LIBERANDO PARA AS DREs
TODA A CERTIFICAÇÃO.

A SECAD TAMBÉM SEGUIU
COM A DESCENTRALIZAÇÃO
DANDO POSSE AOS CONTRATOS
LICENÇA OU SUBSTITUIÇÃO
QUE AGORA OCORRE NAS DREs
EVITANDO UM TRANSTORNÃO.

COM TANTA BUROCRACIA
NÃO SEI ONDE VAI PARAR
É PRECISO DAR UM BASTA
PROS SERVIÇOS MELHORAR
FICA O CIDADÃO CONTENTE
VAMOS SIM SIMPLIFICAR.

QUE TODO SERVIÇO PÚBLICO
VENHA SER DE QUALIDADE
ADEUS PRA BUROCRACIA
E TCHAU PRA MOROSIDADE
ACENDAM-SE AS LAMPARINAS
DA EFICIÊNCIA E MORALIDADE.

VAMOS FALAR DE GESPÚBLICA
UM PROGRAMA NACIONAL
QUE VISA NA GESTÃO PÚBLICA
QUALIDADE ESSENCIAL
A DESBUROCRATIZAÇÃO
COMO META PRINCIPAL.

TEMOS NO PES DA SEDUC
O OBJETIVO DE ADESÃO
PROMOVER A QUALIDADE
TAMBÉM A SIMPLIFICAÇÃO
NOS SEUS PROCEDIMENTOS
FACILITANDO A GESTÃO.

VISANDO TODA EXCELÊNCIA
DANDO A CONTRIBUIÇÃO
IMPLEMENTANDO MEDIDAS
TRANSFORMANDO A GESTÃO
GARANTINDO A QUALIDADE
DOS SERVIÇOS AOS CIDADÃOS.

O QUE É GESPÚBLICA?
VOU AGORA TE EXPLICAR
É UM SISTEMA DE GESTÃO
REFERÊNCIA PRA ORGANIZAR
O SETOR PÚBLICO BRASILEIRO
SÓ TEM MUITO A GANHAR.

SAI GANHANDO O SERVIDOR
MUITO MAIS O USUÁRIO
TORNANDO O ATENDIMENTO
UM SERVIÇO RENDATÁRIO
AMPLIA A COMPETIVIDADE
CRIANDO UM NOVO CENÁRIO.

GESTÃO É A CAPACIDADE
DE PLANEJAR E ORGANIZAR
COORDENAR E DIRIGIR
E TAMBÉM DE CONTROLAR
COM TUDO ISSO VISANDO
BOM RESULTADO ALCANÇAR.

ENCERRANDO O PROCESSO
REQUER BASTANTE ATENÇÃO
É NECESSÁRIO FAZER
UMA AUTO-AVALIAÇÃO
VERIFICAR A MELHORIA
DO SISTEMA DE GESTÃO.

AVALIAR BEM A GESTÃO
CONSISTE EM IDENTIFICAR
AS PRÁTICAS E OS RESUTADOS
DOS SERVIÇOS A SE PRESTAR
MODELO DE REFERÊNCIA
PRA GESTÃO PÚBLICA ADOTAR.

PRA TODOS OS SERVIDORES
FICA ESSA REFLEXÃO
NÃO PODEMOS SER OMISSOS
NEM ANDAR NA CONTRAMÃO
ABRACE ESSA IDÉIA
VALORIZE O CIDADÃO.

JUARÊS ALENCAR PEREIRA
DRE-COLINAS.
09-09-09

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

TRABALHO ESCRAVO NO BRASIL

NÃO AO TRABALHO ESCRAVO

A história da escravidão
Vem desde a antiguidade
Mas permanece terrível
E sempre com crueldade
Vive ainda presente
Também na atualidade.

Hoje ela é sorrateira
De uma forma disfarçada
Não há troncos e correntes
Mas continua atrelada
Ao simples trabalhador
E a mão de obra forçada.

Fere os direitos humanos
Nega a constituição
Quem esse crime comete
Merece ter punição
Seu lugar é atrás das grades
Recolhido na prisão.

A escravidão pode ocorrer
No campo ou na cidade
Em qualquer lugar que for
É uma atrocidade
Vergonha e desrespeito
Também desonestidade.

As jornadas exaustivas
É sinal de escravidão
Fiquemos sempre alerta
Em qualquer situação
Há lei é pra se cumprir
Não é pra violação

Prejudica a saúde
As jornadas exaustivas
A alimentação precária
A vigilância ostensiva
São condições subumanas
Essas práticas abusivas.

A escravidão pode ocorrer
No campo e na cidade
Seja no lugar que for
É uma atrocidade
Uma falta de respeito
Também de humanidade.

Foi no século dezenove
A famosa abolição
Assinou-se a lei Áurea
E a falsa libertação
Mas convivemos até hoje
Com a tal escravidão.

Parabéns pela iniciativa
Do concurso da abolição
A pastoral da terra
Pela nobre atuação
E ao repórter Brasil
Por toda cooperação.

Vamos unir nossas forças
Vamos sim erradicar
Essa prática desumana
Vamos logo denunciar
Ao ministério público
Que irá investigar.

Fique de olho aberto
Para não virar escravo
Essa prática é um insulto
Pro cidadão um agravo
Deixa o homem infeliz
E o nosso Deus fica bravo.


Juarês Alencar Pereira
DRE/Colinas-TO, 23-11-09.